8 de setembro de 2012

Dinheiro não Substitui Atenção


Canso de ouvir: mas você tem tudo, ou: eu te dou de tudo, porque você ainda reclama?
Tem pais que falam isso para seus filhos: ‘mas eu te dou de tudo’, você tem tudo que quer. Por que fica reclamando, com rebeldia?

Tem marido que faz a mesma coisa com a mulher. Passa o dia inteiro na rua, chega de noite, não conversa, não olha nem na cara da pessoa com quem casou um dia e quando ela vai reclamar, escuta a mesma coisa: mas eu pago as contas, do que você está reclamando?
O que é ‘TUDO’ para essas pessoas?
Atenção, abraço, carinho, conversa, sorrisos não se compram com dinheiro.
Conheço esposas doentes, mutiladas até, porque ficaram esperando por amor e carinho e só receberam bens materiais que não supriram suas reais necessidades emocionais.
Filhos, a mesma coisa. Filho gosta de abraço, compreensão, olhos nos olhos, apoio emocional, companhia, jogar bola, brincar no parque,  e não apenas as coisas que o dinheiro compra. Filho gosta de ser ouvido. Apenas ouça, sem criticar, sem opinar, sem nada. Apenas ouça. Filho quer falar.

Trabalhamos o dia inteiro para conquistar conforto para nós e nossa família. Mas se não cuidarmos do coração e da alma, ganhamos dinheiro e perdemos a família, ou para o divórcio ou para algum traficante, como já estamos cansados de ver acontecer. Filhos que procuram na droga, alguma satisfação para suas frustrações. Mulheres que se divorciam, porque já foram abandonadas a muito tempo.

Feridas que o dinheiro, jamais, será capaz de curar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é valioso para mim.
Muito obrigada!

O Mundo é seguro.

Talvez essa seja a principal competência e desafio:  olhar o mundo com afeto,  respeito, compaixão ,  suavidade.   Somente dessa fo...