No estacionamento do Walmart...


(não acredito mais neles...)

Em maio do ano passado, precisamente no dia das mães, fui ao Walmart para fazer compras e ao sair, vi que haviam 'atirado' um carrinho em cima do meu carro, o que causou dano na porta do lado do motorista.
Guardei as compras, chamei um funcionário para reclamar sobre o ocorrido. Fui super bem atendida, o responsável pelo setor, tirou fotos do meu carro, me solicitou tres orçamentos de oficinas e disse que acionaria o seguro do estacionamento.
Fiz os orçamentos, levei para o Sr. Diogo, fiscal do Walmart em 11 de maio de 2011.
Fiquei tranquila, acreditando que tudo seria resolvido).
Em agosto, o senhor Diogo me ligou e pediu que eu fizesse um Boletim de Ocorrência. Achei muito estranho, mas procurei a delegacia. Nem quiseram me atender na delegacia e ainda me alertaram:' estão te enrolando. Já aconteceu isso antes. Mas não tem como fazer um boletim de ocorrência com data retroativa.'
Fiquei decepcionadíssima. Fui ao Walmart e o Diogo me disse que a culpa era da seguradora.
Em Outubro de 2011, outro funcionário do Walmart, o Sr. Ademar me ligou e me chamou para conversar. (Eles são muito bons para conversar. Não para resolver.)
Insistiu que eu fizesse um Boletim de Ocorrência, dessa fez com a data de outubro, como se a colisão tivesse ocorrido naquele dia.
Claro que achei um absurdo, mas ainda tinha esperança de que consertassem meu carro.
Fiz então o B.O., encaminhei ao Setor de Prevenção do Walmart.
Estamos em janeiro de 2012 e nada. Não resolveram nada.
Então, desisti e resolvi consertar meu carro.
A compra no Walmart me custou cinquenta reais, mais 600 reais de oficina.
Fica a dica: se acontecer qualquer acidente com seu carro no interior de um estacionamento, faça o Boletim de Ocorrência, tire fotos e solicite a assinatura do funcionário responsável.

Comentários

Postagens mais visitadas