29 de novembro de 2011

"Os 10 piores alimentos de todos os tempos para a saúde".


Os 10 piores alimentos de todos os tempos para a saúde, segundo a lista divulgada pela nutricionista canadense Michelle Schoffro Cook - da Organização Internacional de Consultores de Nutrição, da Sociedade Internacional de Medicina Ortomolecular e da Sociedade Canadense de Medicina.
lugar: Refrigerante Diet. "O pior alimento de todos os tempos", diz Dra. Michelle. Segundo ela, como se não bastassem todos os problemas dos refrigerantes tradicionais, as versões diet contêm aspartame, agora rebatizado como "AminoSweet" - produzindo "efeitos que podem ser confundidos com Alzheimer, síndrome da fatiga crônica, epilepsia, esclerose múltipla". Sem contar serem capazes de provocar ansiedade, compulsão alimentar, depressão, enxaqueca, hiperatividade, insônia, palpitação cardíaca, perda auditiva, tontura.
lugar: Refrigerante. Segundo pesquisa do Dr. Joseph Mercola, "uma lata de refrigerante possui em média 10 colheres de chá de açúcar (150 calorias), entre 30 e 55 mg de cafeína, corantes artificiais e sulfitos". Não fosse pouco, "a bebida é muito ácida, ruim para rins e ossos".
lugar: Donuts. Por possuírem grande quantidade de gordura trans, "o pior tipo de gordura que você pode ingerir", provocam doenças cardíacas, câncer, diabetes e obesidade.
lugar: Cachorro-quente. O vilão aqui é a salsicha, uma carne processada rica em nitrito de sódio - substância cancerígena que "pode aumentar o risco de câncer do pâncreas e do intestino". Além de hipertensão.
lugar: Bacon. Seu consumo "aumenta o risco de doenças cardíacas em 42%, e de diabetes em 19%". Estudo da Universidade de Columbia descobriu, mais, que pode provocar doenças pulmonares.
lugar: Salgadinhos de batata. Não tem vitaminas, nem minerais, só gorduras. "Não têm nenhum benefício nutricional".
lugar: Batata frita. Rica em gorduras trans e em acrilamida, "uma das mais potentes substancias cancerígenas, que aparecem quando as batatas são aquecidas em altas temperaturas".
lugar: Pizza. Apesar de entrar nessa lista, nem todas as pizzas são nocivas à saúde. Só as congeladas, vendidas em supermercados, por serem ricas em conservantes. O vilão dessa pizza é a farinha branca usada na sua massa, "logo absorvida pelo organismo e transformada em açúcar puro".
lugar: Salgadinhos de milho. Por serem todos fritos, provocam obesidade e aumentam o nível de açúcar no sangue. E não aproveitam as fibras do milho, tão benéficas à saúde.
10º lugar: Sorvete. Normalmente contem açúcar, aromatizante artificial, corantes e gordura trans, aumentando o nível do colesterol ruim. 
E então...? Viu alguma novidade?

23 de novembro de 2011

EU E HASHIMOTO


Tudo começou, quando, alguns meses atrás, reparei que meu pescoço estava inchado em algumas fotos.
Depois, caminhando em um parque, uma amiga me disse que eu havia engordado.
Procurei um médico otorrinolaringologista, pois imaginei que fosse um inchaço nas cordas vocais.
O médico apalpou minha tireóide e disse-me que a mesma estava alterada. Pediu que eu realizasse uma ultrassonografia da tireóide.
Dias depois, realizando o exame de ultrassom, o médico disse-me que minha glândula da tireóide estava alterada e que poderia ser Mal de Hashimoto.
Mal de Hashimoto? Quem é esse?
O médico então, explicou-me tratar-se de hipotiroidismo. Ocorre quando a tireróide deixa de produzir hormônios suficientes para o pleno funcionamento do metabolismo.
Resultado: muito cansaço físico e ganho de peso.
O médico do ultrassom me encaminhou para um endocrinologista, que me pediu uma série de exames de sangue.
Os exames de sangue confirmaram o hipotiroidismo – Mal de Hashimoto. Existiam nove mil anticorpos atuando na minha tireóide para combater o mal. Por isso o cansaço freqüente, desânimo, metabolismo lento, ganho de peso.
Esse processo de diagnósticos durou uns três meses e agora estou em tratamento, com o medicamento Syntrhoid de 25mg.  Daqui uma semana, farei novos exames de sangue, para ver se o medicamento está resolvendo.
Prossigo com meus exercícios físicos, com fé em Deus e com a esperança de melhorar.
De vez em quando, a vida nos dá um susto. O único jeito é reagir e buscar resolver o problema.
Sou grata às minhas colegas do curso de Inglês, que foram solidárias à minha tristeza e minhas lágrimas, quando descobri o tal do Mal de Hashimoto. Me deram força e me encorajaram em um momento em que me senti muito frágil!
Obrigada a todos pelo carinho em compreender meu sumiço. Um pouco, foi em razão do descrito acima. Abraços e até a próxima!

Invisível

Você está ali. Todos os dias, você está ali. Você faz o que tem que ser feito. Você apoia, você está presente. Mas o outro não t...