SOLIDÃO



Solidão não é a falta de gente para conversar,
namorar, passear ou fazer sexo...
isto é carência.

Solidão não é o sentimento que experimentamos
pela ausência de entes queridos que não podem
mais voltar...
isto é saudade.

Solidão não é o retiro voluntário que a gente
se impõe as vezes, para realinhar os pensamentos...
isto é equilíbrio.

Tampouco é o claustro involuntário que o destino
nos impõe compulsoriamente, para que revejamos a
nossa vida...
isto é um princípio da natureza.

Solidão não é o vazio de gente ao nosso lado...
isto é circunstância.

Solidão é muito mais que isto...

Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos
e procuramos em vão, pela nossa alma!

Fátima Irene Pinto:
http://www.fatimairene.com/

Além do site da autora, coloquei mais dois, entre os muitos sites que já editaram o texto Solidão, entre outros textos da poeta. Cliquem nos links:

http://www.fatimairene.com/poesia/solidao.htm
http://www.humancat.com/Solidao/solidao.htm
http://www.fofaslides.com.br/pps/mensagem.php?id=7041

Há um bom tempo que a poeta/escritora Fátima Irene Pinto,
vem passando pelo constrangimento de ver seu tocante poema "Solidão" amplamente divulgado, por toda a net como sendo de autoria do Chico Buarque de Holanda, o qual, provavelmente,nem tem conhecimento do assunto.
Estou colaborando para desfazer o equívoco.

Comentários

Postagens mais visitadas