27 de fevereiro de 2011

Tempo - Lao-Tsu

“Há um tempo para estar na frente,
um tempo para estar atrás,
um tempo para estar em movimento,
um tempo para estar parado,
um tempo para ser vigoroso,
um tempo para estar exausto,
uma tempo para estar em segurança,
um tempo para estar em perigo.
O mestre vê as coisas como elas são,
Sem tentar controlá-las.
Se contentar com o que você tem;
Se alegre com o modo como as coisas são.
Quando você percebe que não há nada faltando,
todo o mundo pertence a você."


Lao-Tsu

20 de fevereiro de 2011

E a Luz?


De vez em quando
Sem entender direito
A luz incandescente
Desaparece
Não sei por que,
Não sei como,
...prá onde vai?
Fico a procurar
Não quero que desapareça
Não me abandone ao breu
desse interstício
Ao suprimir clarão
Outorgaria chaga ao meu coração.
Pois eu,
Despojada de postura estóica
Por demorada ausência
Encontro-me em inospita abstinência
Involuntária, certamente
Da simbiose que me abraça
Docemente.

16 de fevereiro de 2011

Hiatos

Insolentes equinócios, hiatos.
Desejo-te , ainda que ao ocaso.
Não sem querer
que espero as cores do seu crepúsculo.
Cerca-te híade luminosa e meus dias se justificam!
Como é insuportável ver suas nuances sem tocar suas matizes.

(Carmen Eugenio)


15 de fevereiro de 2011

Saber Ouvir



Hoje em dia é cada vez mais raro encontrarmos pessoas dispostas a ouvir verdadeiramente, o outro. Trata-se de uma doação de si mesmo, de compartilhar momentos intensos e verdadeiros com os demais.
Estamos cada vez mais apressados, mais impacientes.
As relações interpessoais são comprometidas dessa forma.
Principalmente com os mais próximos. É comum encontrarmos desentendimentos em família ou com as pessoas no ambiente de trabalho, de estudo.
Onde estaria o cerne desta questão?
Procurei abordar o tema, através de um prisma. Mas existem outros tantos pontos de vista capazes de promover e otimizar a gênese das relações.
Busquei na teoria de Rogers e sua Psicologia Humanista que tem como principal característica uma abordagem que é centrada na pessoa, respostas e caminhos para empreender uma evolução nas relações pessoais.
Os indivíduos possuem dentro de si vastos recursos para a autocompreensão e para modificação de seus autoconceitos, de suas atitudes e de seu comportamento autônomo. Esses recursos podem ser ativados se houver um clima, passível de definição, de atitudes facilitadoras" (ROGERS, 1983, p.38).
Segundo Rogers, há três condições que devem estar presentes para que se crie um clima facilitador de crescimento:
1) - A primeira condição poderia ser chamada de autenticidade, sinceridade ou congruência. O termo "transparente" expressa bem a essência desta condição. Assim, podemos ver claramente quem são as pessoas. "Portanto, dá-se uma grande correspondência, ou congruência, entre o que está sendo vivido em nível profundo, o que está presente na consciência e o que está sendo expresso pela pessoa" (ROGERS, 1983, p.39)
Desta forma, quanto mais sermos nós mesmos na relação com o outro, maior a probabilidade de que o outro mude e cresça de um modo construtivo. Isto significa viver abertamente os sentimentos e atitudes que fluem a cada momento.
2)- O segundo elemento importante na criação de um clima que facilite a mudança é a aceitação, o interesse ou a consideração. É o que Rogers chama de "aceitação incondicional": "Quando temos uma atitude positiva, aceitadora, em relação ao que quer que o outro seja naquele momento, a probabilidade de ocorrer uma mudança aumenta" (ROGERS, 1983, p.39).
É natural que desejemos que o outro expresse os sentimentos que estão ocorrendo no momento, mas este interesse não pode ser possessivo. Devemos ter uma consideração integral pela pessoa.
3) - Por fim, o terceiro aspecto facilitador da relação é o que o autor chama de "compreensão empática". Isto significa que podemos captar com precisão os sentimentos e significados pessoais que o outro está vivendo e comunicar esta compreensão ao mesmo. Obviamente, este tipo de escuta, ativa e sensíve,l é extremamente rara em nossas vidas. Mas também não é impossível de desenvolvê-la.
Desta forma, existe a possibilidade de modificação e transformação das pessoas, que se auto-compreendendo, podem desenvolver plenamente sua potencialidade.
Mas a mudança não ocorre de qualquer jeito, a qualquer momento. É necessário que se crie condições propícias para a transformação. E como estas condições que acabaram de ser descritas podem criar um clima capaz de levar à mudança?
• Segundo ROGERS( 1983) quando somos ouvidos de modo empático e à medida em que somos aceitos e considerados, tendemos a desenvolver maior consideração em relação a nós mesmos, permitindo desta forma, que sejamos propiciadores mais eficientes de nosso próprio crescimento.
A abordagem centrada na pessoa baseia-se na confiança em todos os seres humanos.
"Na natureza tudo se transforma". Indubitavelmente, manifesta-se a evolução.
Portanto, dedique seu tempo a quem você ama. Olhe nos olhos de seus filhos. Escute-os, sem interromper. Dispense instantes a prestar atenção no outro, a ouvir atentamente, mesmo que seja algum colega de estudo ou de trabalho. Desacelere um pouco. A qualidade das relações irá melhorar, você terá um maior suporte emocional e entenderá que a vida continua valendo a pena!





14 de fevereiro de 2011

As lições que a vida me ensinou

• Quando estiver em dúvida, dê somente o próximo passo, pequeno.
• A vida é muito curta para desperdiçá-la odiando alguém.*
• Seu trabalho não cuidará de você quando ficar doente. Seus amigos e familiares sim. Permaneça em contato.
• Você não tem que ganhar todas as vezes. Concorde em discordar.
• Chore com alguém. Cura melhor que chorar sozinho.
• Economize para a aposentadoria começando com seu primeiro salário.
• Faça as pazes com seu passado, assim ele não atrapalha o presente.
• É bom deixar suas crianças verem que você chora.
• Não compare sua vida com a dos outros. Você não tem idéia do que é a jornada deles.*
• Se um relacionamento tiver que ser um segredo, você não deveria entrar nele.
• Respire fundo. Isso acalma a mente.*
• Livre-se de qualquer coisa que não seja útil, bonito ou alegre.
• Use coisas novas e boas hoje. Não espere por uma ocasião especial. Hoje é especial.
• Prepare-se mais do que o necessário.
• O órgão sexual mais importante é o cérebro.
• Você é o responsável pela sua felicidade.
• Sempre escolha a vida.
• Perdoe tudo, de todos.
• O que outras pessoas pensam de você, não é da sua conta.*
• O tempo cura quase tudo. Dê tempo ao tempo.
• As situações mudam.
• Não se leve muito a sério.
• Acredite em milagres.*
• Envelhecer ganha da alternativa – morrer jovem.
• Suas crianças têm apenas uma infância.
• Tudo que verdadeiramente importa, no final, é o que você amou.*
• Saia de casa todos os dias. Os milagres estão esperando em todos os lugares*
• A inveja é uma perda de tempo. Você já tem tudo que precisa.
• O melhor ainda está por vir.*
• Não importa como você se sente. Levante-se, vista-se bem e apareça.
• Produza!
• A vida não está amarrada com um laço, mas ainda é um presente.*

• ( Escrito por Regina Brett, 90 anos de idade, colunista do The Plain Dealer, Cleveland, Ohio.)

Coloquei * nos ítens em que preciso me  aprimorar!!!

11 de fevereiro de 2011

Sensatez

Ando sobre marés...
as águas levam o tempo
e o tempo nada me traz.
Você, insistentemente,
querendo sobrevir à obliquidade
do meu pretenso auto-controle.
E por que não?
Surja,
rompa distâncias,
desafie hipóteses,
divirta-se volatizando retóricas
de alguma sensatez.
Se pensa, se aposta,
eu junto uns possíveis
com vastos quereres
e dezenas de talvez.
No espelho,
uma esfinge desnuda e atônita
espectadora do elo
com o acaso surreal.

6 de fevereiro de 2011

Muito Prazer!


Caminhando por diversas formas de lucidez
Escuto ao longe um ruído peculiar
Tento reconhecer esse recanto
E distante de mim
Procuro desenhar , delinear e imaginar.
Quem será você?
Diferente de algumas pessoas
Que já me enviaram formatações,
Formulários para preenchimento.
Cic, RG, CEP, estado civil, idade, ocupação profissional, endereço para correspondência, telefone, MSN,
Filhos, preferência religiosa, política e musical etc...
Às vezes, quando fazemos contato com alguém,
a pessoa já quer saber toda a sua vida.
Quer, como pré-requisito de aproximação
A resolução de um questionário.
Quantas vezes queremos apenas estar ou ser...
Sem perguntas, sem promessas, sem delongas...
Prazer, eu sou apenas eu.
Não quero nada além de um 'oi' ou talvez conversar.
Quem sabe suas palavras serão diferentes das que já ouvi?
Quem sabe sua voz, música para meus ouvidos.
Posso apenas ser? Posso apenas estar?
Sem aparatos, retratos, contratos e extratos?
Oi, eu sou alguém que gosta de olhar para o céu.
Tenho sonhos e um violão.
Conheço estradas e solidão.
Carrego vontades e sei sorrir.
Tenho saudades de algumas coisas.
Uma delas é conversar sem tempo prá terminar.
E se outro dia se transformar em muitas horas
Talvez eu adore te ver cada segundo.
Mas, quando me encontrar
Ouça minha respiração
e me entenda sem tanta razão.
Quem sabe o nada vira uma emoção?
(Carmen Eugenio)

Conversei com um Anjo


Essa tarde conversei com um anjo.
Não vi suas asas, mas senti sua pulsação.
Que anjo lindo!
Tão suave, tão sensível, tão etéreo.
Beijou meu coração e desejou-me uma linda vida.
Seus olhos sorriam para mim
E me trouxeram serenidade.
Senti uma imensa vontade de estar ao seu lado.
De ouvir mais palavras
De beber seus gestos
De partilhar mais instantes de sua beleza
De me enamorar de sua gentileza.
Todos os dias, ele traz uma mensagem.
De amor, de esperança, de bondade.
Eu quero estar sempre perto dele
pois com sua presença senti “Felicidade”.
(Carmen Eugenio)

O Mundo é seguro.

Talvez essa seja a principal competência e desafio:  olhar o mundo com afeto,  respeito, compaixão ,  suavidade.   Somente dessa fo...