24 de dezembro de 2010

Amar é estar Feliz!


O amor transborda.
Tudo fica diferente
O Olhar, já não mais indiferente,
às cores que cintilam ao redor
Brilha sob o deleite daquela luz.
A alma apaixonada
quer ouvir novamente aquela voz,
sentir novamente a proximidade
que atravessa o silêncio
e invade mistérios.
O céu está mais azul, a brisa mais suave,
as pessoas com seus significados e signos
fazem mais sentido agora.
E todas as músicas
Transportam,
Encantam
Tranformam.
Ao amor, obrigada por fazer do mundo um lugar mais Feliz!
(Carmen Eugenio)

15 de dezembro de 2010

Pantanal - Fazenda Baía Grande

(pôr do sol pantaneiro)
A Fazenda Baía Grande é um sonho!
Está localizada no Pantanal, a 20 km da cidade de Miranda, no Mato Grosso do Sul.
Uma fazenda (pousada) com capacidade máxima para 15 pessoas.
Os apartamentos possuem ar condicionado, banheiro privativo, sacadas com redes.
Oferece diversos passeios, cavalgadas, pescaria de piranhas, trilhas, safari fotográfico e focagem noturna de jacarés.
Na diária, além dos passeios, estão também inclusos 03 alimentações.
Da capital Campo Grande até a Fazenda são 220km.
No perfil do  Facebook. há mais fotos!
Contato: Alexandre - 67 9984-6658
fazendabaiagrande@hotmail.com







13 de dezembro de 2010

UNIDANÇA & CONVIDADOS


O evento conta com o apoio da UFMS, e trata-se de uma mostra de dança em vários estilos, entre eles ballet clássico de repertório e livre, dança contemporanea, jazz, ballet infantil, dança de salão e pano acrobático. Esse evento tem como proposta ser um espaço democrático para mostrar os trabalhos em dança no estado,sem privilegiar determinado estilo ou modalidade, sendo assim uma vitrine a produção em dança no MATO GROSSO DO SUL e ainda um espaço de discussão teórico prática, nas próximas edições.
Os grupos convidados são : Grupo de dança Paez, Academia Compasso, Grupo de dança ímpar,Grupo de Daança de Salão Dani Barilli & Ivan Souza, Grupo de Dança da Escola Alternativa, Grupo de Dança do Colégio Star e CIA UNIDANÇA UFMS.

6 de dezembro de 2010

Carlos Drummond de Andrade - Almas Perfumadas

(Flores - Beatriz Milhazes)

Tem gente que tem cheiro de passarinho quando canta.
De sol quando acorda.
De flor quando ri.

Ao lado delas, a gente se sente no balanço de uma rede que dança gostoso
numa tarde grande, sem relógio e sem agenda.

Ao lado delas, a gente se sente comendo pipoca na praça.
Lambuzando o queixo de sorvete.
Melando os dedos com algodão doce
da cor mais doce que tem pra escolher.

O tempo é outro.
E a vida fica com a cara que ela tem de verdade,
mas que a gente desaprende de ver.

Tem gente que tem cheiro de colo de Deus.
De banho de mar quando a água é quente e o céu é azul.
Ao lado delas, a gente sabe
que os anjos existem e que alguns são invisíveis.
Ao lado delas, a gente se sente
chegando em casa e trocando o salto pelo chinelo.
Sonhando a maior tolice do mundo
com o gozo de quem não liga pra isso.

Ao lado delas, pode ser abril,
mas parece manhã de Natal
do tempo em que a gente acordava e encontrava
o presente do Papai Noel.
Tem gente que tem cheiro das estrelas que Deus acendeu no céu
e daquelas que conseguimos
acender na Terra.
Ao lado delas, a gente não acha que o amor é possível,
a gente tem certeza.
Ao lado delas, a gente se sente visitando
um lugar feito de alegria.
Recebendo um buquê de carinhos.
Abraçando um filhote de urso panda.
Tocando com os olhos os olhos da paz.
Ao lado delas, saboreamos a delícia
do toque suave que sua presença sopra no nosso coração.
Tem gente que tem cheiro de cafuné sem pressa.
Do brinquedo que a gente não largava.
Do acalanto que o silêncio canta.
De passeio no jardim.
Ao lado delas, a gente percebe
que a sensualidade é um perfume
que vem de dentro e que a atração
que realmente nos move não passa só pelo corpo.
Corre em outras veias.
Pulsa em outro lugar.
Ao lado delas, a gente lembra
que no instante em que rimos Deus está conosco,
juntinho ao nosso lado.
E a gente ri grande que nem menino arteiro.
Tem gente como você que nem percebe
como tem a Alma Perfumada!
E que esse perfume é dom de Deus.
(autor desconhecido. Porém, muitos atribuem a Drumond)

(recebi esta mensagem, hoje, de uma das minhas grandes amigas - Eva Oliveira! Beijos no seu lindo coração, uma Alma Perfumada!!!!

3 de dezembro de 2010

VIK MUNIZ








Artista brasileiro, consagrado internacionalmente, Vik Muniz, iniciou sua carreira em Nova York, onde encontrava-se para um curso de inglês em 1983 e por lá acabou permanecendo.

Retornou ao Brasil em 2009, onde fez ,aqui , sua primeira exposição no Museu de Arte Moderna, no Rio de Janeiro e logo em seguida no MASP, em São Paulo, reunindo 131 obras de sua trajetória artística. São 20 anos de quadros e fotografias expostos pelo mundo e aclamados pelos mais importantes críticos de arte.
Em 1995, um crítico do jornal The New York Times o descobriu. A partir daí, o Metrolipolitan Museum Of Art e o Museu Guggenheim adquiriram suas obras. Expôs suas fotos no Museu de Arte Moderna de Nova York, o MOMA , onde também foi convidado para ser o curador de uma importante exposição, ‘Artist’s Choice’.


Esta foto é um autoretrato em mosaico, feito com pontas de revista e depois fotografado.
Vik Muniz é o autor das obras que são exibidas diariamente no videoclipe de abertura da novela “Passione”.


Em seu trabalho, de singular criatividade, a fotografia associa-se à outras artes como: escultura, o desenho, a pintura, a gravura. Suas obras fotográficas são de desenhos criados a partir de materiais inusitados: açúcar, manteiga de amendoim, calda de chocolate, vidro, lixo, poeira, diamantes, geléia, sucata… Vik constrói o desenho de forma realista em grande ou pequena escala, e depois o fotografa, recriando inúmeras possibilidades de apreciação do todo.
No final deste ano, 2010, lança em Nova Iorque o documentário “Lixo Extraordinário”, dirigido por Lucy Walker. Um registro do seu trabalho com catadores de lixo do aterro Jardim Gramacho, em Duque de Caxias, RJ, onde está localizado o maior aterro sanitário da América Latina. O local recebe, por dia, mais de 7 mil toneladas de lixo provenientes de mais dois municípios da Baixada Fluminense e também da cidade do Rio de Janeiro.
Trabalha agora em um projeto relacionado à criação de uma Semana de Arte no Rio. O que, sem dúvida, será um presente para nós, brasileiros.

A Arte de Vik Muniz, embora contemporânea, transcende valores simplesmente estéticos, transportando seu público a questionamentos sociais e históricos e a novas interpretações em uma releitura de clássicos, criando grande empatia e intensa interatividade com a sua produção.

1 de dezembro de 2010

QUEM É A PESSOA CERTA?

(Feito pelo designer gráfico Cristiano Soares Pereira)

Existe uma certa procura pela “Pessoa Certa”.
Alguém sabe quem é a pessoa certa?
Você é a pessoa certa?
Um dia minha tia Jamira, casada há mais de 30 anos com meu tio, me disse: “Temos que fazer a coisa dar certo.”
Faça sua parte da melhor maneira que puder, seja o melhor de si, faça a coisa dar certo, sendo VOCÊ a 'Pessoa Certa.'
Afinal, por que transferir essa responsabilidade para o outro?
Queremos encontrar a pessoa certa, mas será que somos a pessoa certa?
Assumindo a responsabilidade em ser a tal “Pessoa Certa”, podemos conseguir encontrar o companheirismo, a doação, a entrega, o carinho, a compreensão, a atenção, a lealdade, o respeito e o desejo.
Me esqueci de algum ingrediente para a tão sonhada felicidade a dois?
Relacionamento exige investimento: emocional, de tempo, de boa vontade...
Um ‘trabalho’ diário, mas compensador.
Evoluímos e cortamos arestas a cada dia.
Descobertas, quedas, justificam nossos passos, retornos e paradas.
O desejo pelo outro existe tão intenso, quase sempre,quanto o desejo de liberdade.
Liberdade em ‘ser’ o que se é...simplesmente.
Afinal, um encontro é a união de dois universos e não, necessariamente, a fusão deles.
Há pessoas que querem transformar o outro e deixam de amá-lo pelo que realmente são, em sua essência.
A pessoa certa se aceita como é e, principalmente, aceita o outro.
E você?
Está à procura da pessoa certa?
(Carmen Eugenio)

"Quando a gente acha que tem todas as respostas, vem a vida e muda todas as perguntas." (Luis Fernando Verissimo.)

Não Guarde Mágoas

Não guarde mágoas .  Guarde boas amizades, abraços, alegrias, lembranças que edificam, lições de vida, palavras de apoio, poesias, música...