5 de outubro de 2010

(Arte Impressionista)
Quando se ama,
Um nada, fica muito.
Tudo é demais .
Tudo torna-se superlativo.
Ser conciso, é impossível.
Ser preciso, é desperdício.
O insondável 
se apodera
te permeia
e te seduz.
O amor sem métrica.
Imensurável.
Imprevisível.
Um 'Não Sei'.
Ou sei - Luz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é valioso para mim.
Muito obrigada!

Invisível

Você está ali. Todos os dias, você está ali. Você faz o que tem que ser feito. Você apoia, você está presente. Mas o outro não t...