10 de setembro de 2010

POEMA SEM TÍTULO - GERALDO CARNEIRO

A VIDA É UMA VIDA SÓ
A VIDA É UMA ÁVIDA
A VIDA É UMA AVE
A VIDA É UMA
SÓ UMA


4 comentários:

  1. Oi Carmen, adorei conhecer seu blog... Um caso de amor eterno. Transfere vibração, alegria, a arte, as rimas e os detalhes das palavras num verdadeiro tratado poético irrigados com pingentes de emoção!! Roosevelt Gomes

    ResponderExcluir
  2. Suas palavras são de grande valia! Pessoas do seu quilate é que nos motivam a continuar! Muito obrigada por estar aqui e participar!

    ResponderExcluir
  3. Denison, querido amigo e poeta, seu comentário engrandece qualquer iniciativa! Muito obrigada!

    ResponderExcluir

Seu comentário é valioso para mim.
Muito obrigada!

Invisível

Você está ali. Todos os dias, você está ali. Você faz o que tem que ser feito. Você apoia, você está presente. Mas o outro não t...