7 de março de 2010

Alimentos que otimizam o processo da dieta

Esses alimentos melhoram o metabolismo:
Azeite de oliva extra virgem: É composto em grande parte por ômega 9, um ácido graxo monoinsaturado. Contém compostos fenólicos antioxidantes e antiinflamatórios. Seu consumo diário está associado à diminuição da circunferência abdominal.
Abacate: Rico em beta-sitosterol, ácidos graxos monoinsaturados, carotenóides e vitamina E, o consumo diário de abacate, em uma pequena quantidade (2 colheres de sopa da fruta) diminui a resistência ao emagrecimento, além de ser antiinflamatório e antidislipidêmico (melhora os níveis de colesterol no sangue).
Açaí: Rico em antocianinas, que inibem a produção de radicais livres tendo um efeito antioxidante potente. As antocianinas quelam metais tóxicos, diminuindo a toxicidade no organismo e facilitando a perda de peso, por diminuir a inflamação e intoxicação. O açaí pode ser consumido moderadamente, como por exemplo, 3 vezes por semana, 150 ml cada vez, de preferência antes de fazer exercícios físicos, para que a pessoa que consome possa ser beneficiada por todos os nutrientes, sem exagerar na quantidade de energia consumida.
Brássicas (brócolis, repolho, rabanete, couve-manteiga, agrião, couve-flor, rúcula, nabo, couve-chinesa, couve de bruxelas): As brássicas são ricas em compostos organosulfurados que tem papel importante na destoxificação hepática, trabalhando de forma importante para eliminar as toxinas liberadas no corpo durante o processo de emagrecimento. Além disso são ricas em vitaminas e minerais antioxidantes e importantes para o equilíbrio orgânico.
Cúrcuma (açafrão da terra): Seu princípio ativo é a curcumina, um potente antiinflamatório, agindo no combate à inflamação gerada pela obesidade.
Óleo de côco: Rico em triglicérides de cadeia média, o óleo de côco possui efeito termogênico, acelerando o metabolismo e tem o efeito de reduzir o apetite quando consumido antes das refeições. Além disso, é rico em ácido caprílico, que é um ótimo antifúngico.
Chá verde: Rico em catequinas, é um poderoso antioxidante, agindo na neutralização dos radicais livres liberados durante o processo de emagrecimento. É também um excelente termogênico, acelerando o metabolismo basal e aumentando o gasto energético. Não deve ser tomado à noite, para evitar a perda de sono.
Peixes: Rico em ômega 3, que é um potente antiinflamatório e atua também modulando o sistema imune, previne doenças degenerativas cerebrais. Como a obesidade está associada a uma resposta inflamatória de baixa intensidade e a maior resistência à insulina, o consumo diário de peixes ou de suplementos de ômega 3 está associado à diminuição da inflamação e melhor sensibilidade à insulina.
Oleaginosas: Ricas em vitaminas como ácido fólico (B9) e vitamina E, minerais como selênio, manganês, magnésio e cálcio. São ricas em ácidos graxos mono e poliinsaturados, aminoácidos como lisina e arginina e ricas em fibras. O consumo de oleaginosas oferece ao organismo um aporte de nutrientes antioxidantes e destoxificantes importantes para o processo de emagrecimento.
(elaborado pela nutricionista Daniella Barbosa)

7 comentários:

  1. Tomei a liberdade de copiar e reenviar para amigos... muito interessante... ;)

    ResponderExcluir
  2. Fique à vontade querido amigo, v. já é de casa!!bjos e obrigada!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Carmen... olha só, te acompanho no twitter e só agora vi q tem um blog. Muito bakana. Ontem, não sei se chegou a ver, fiz um texto homenageando vcs. Um toque, dentro da minha área profissional, focando mais nas atletas que venceram de diversas maneiras nos últimos JO de Inverno. Mas retrando, nelas, a imagem de toda mulher vencedora. Cada qual em sua área. Tenho certeza q vc tb é uma grande campeã naquilo que melhor se propôe a fazer. Recebe, então, tua medalha de ouro! Atrasado, mas sincero a homenagem...
    Bj no coração

    ResponderExcluir
  4. Oi Carmen,
    estava navegando na internet e vi que você postou a matéria que escrevi para o site Vírgula.
    Que bom que gostou das dicas.
    É importante divulgar às pessoas que a obesidade é uma doença de base inflamatória, muitas vezes desencadeada por alergias tardias, por exposição a toxinas ambientais e a maus hábitos alimentares que aumentam a inflamação do corpo, impedindo o processo de emagrecimento. Portato, é importante incluir na dieta alimentos antiinflamatórios, como os citados no artigo que você postou, como também retirando possíveis alérgenos alimentares, que podem alimentar a inflamação subclínica.
    Se quiser visitar meu site, é o
    www.uvaverde.com.br
    Lá você encontra diversas atuações da nutrição funcional.

    Dra. Daniella Barbosa
    Nutricionista
    CRN-3:22474

    ResponderExcluir
  5. Que bom Daniella! Adorei!! Vou visitar seu site sim, está no Twitter? Lá temos uma grande velocidade de troca de informações!! É muito gratificante! Muito esclarecedores seus comentários acerca da obesidade, verdadeiro flagelo a ser combatido... Muito obrigada!!

    ResponderExcluir
  6. Oi Carmen,
    Ainda não tenho twitter, mas estou providenciando!
    Quando estiver pronto aviso! :-)

    Dra. Daniella Barbosa
    Nutricionista
    CRN-3:22474

    ResponderExcluir
  7. Twitter pronto!
    Se quiser visitar o endereço é o
    http://twitter.com/uvaverdenutri

    Vou tentar sempre colocar informações úteis sobre nutrição e alimentação saudável!

    Sugestões serão bem vindas!!!
    Beijos

    Dra. Daniella Barbosa
    Nutricionista
    CRN-3: 22474

    ResponderExcluir

Seu comentário é valioso para mim.
Muito obrigada!

Invisível

Você está ali. Todos os dias, você está ali. Você faz o que tem que ser feito. Você apoia, você está presente. Mas o outro não t...