Ficar 'Zen' !

Zen é a “consciência do cotidiano” segundo Baso Matsu, um dos mestres budistas mais famosos de todos os tempos. A diferença entre Zen e outras doutrinas religiosas, filosóficas ou místicas é que, sem sair do cotidiano, procuramos nos manter além das banalidades e perturbações do dia-a-dia.
Ao se desenvolver espiritualmente, o homem torna-se um artista de seu próprio destino e o universo transforma-se em uma grande plataforma onde ele desenvolve sua obra, que passa a chamar de sua história.
Sendo assim, nada melhor que buscarmos um equilíbrio interior para mergulharmos com uma energia toda especial, nessa odisséia chamada VIDA.
Tenho absoluta convicção, de que é muito mais viável buscarmos a nossa paz interior, centrarmo-nos em sentimentos sublimes, do que partirmos em uma busca insana para consertarmos as mazelas do mundo.
Prefiro ver o ser humano, não como imperfeito, mas como Perfeição em Evolução. Há dias ruins, é verdade, em que me sinto 'Zen Graça'...
Existem culturas milenares que carregam um legado de conhecimento e crescimento espiritual. Aprendamos com elas!
Apesar de não ser budista, admiro suas práticas em busca do equilíbrio a partir do não-pensamento. Se é para termos pensamentos negativos, melhor não tê-los. Aprendamos a desenvolver somente pensamentos Positivos.
Respeito todas as manifestações religiosas, desde que busquem o Bem, o amor ao Próximo e a si mesmo e respeitem a integridade física e moral das pessoas.
Mas continuarei querendo estar Zen !!!

Comentários

  1. Oi Carmen,

    Não sabia que tinha um blog querida. Fiquei Zen essa informação rsrs
    O sentido de 'ficar zen' é deturpado por muito como sendo uma forma de alienação: ficar zen é não estar ligado, não estar por dentro, ou não estar preocupado com o que acontece ao seu redor. Injustiça.
    Se eu não fosse um cara zen escreveria INJUSTIÇA!!! Mas, calma... não é por aí.
    Ser um cara zen no mundo de hoje não é fácil. Pessoas nervosas, trânsito agitado, horários malucos, tudo vai de encontro a isso e torna nossa vida um caos.
    E você tem razão. É dentro de nós que vamos encontrar o equilíbrio necessário para manter a tranquilidade e sermos tolerantes durante o nosso dia.
    Parabéns pelo texto querida!!
    Vou voltar aqui mais vezes para te ver. Te achei atráves do blog da Rosana Alves, outra grande querida minha.
    Beijos e até breve.

    ResponderExcluir
  2. Fiquei Zen palavras! Belo texto (explicativo) Carmen! Abração!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Seu comentário é valioso para mim.
Muito obrigada!

Postagens mais visitadas